Marissa Meyer · Nível de inglês intermediário · Resenha

Resenha: The Lunar Chronicles, Marissa Meyer

unnamed

Autor: Marissa Meyer
Editora: Feiwel & Friends
Série: The Lunar Chronicles (As Crônicas Lunares)
Número de livros: 4
Gênero: Ficção científica, contos de fadas
Nível de inglês: Médio

SINOPSEEra uma vez, no futuro…The Lunar Chronicles é uma recontagem futurística dos conto de fadas clássicos. Em Cinder, uma ciborgue adolescente (metade humana, metade máquina) deve lidar com uma madrasta cruel, começar uma rebelião contra a Rainha má, Levana e decidir quais os seus sentimentos por um belo príncipe. Conforme a série evolui, Cinder alia-se com Scarlet, uma pilota de espaçonaves que está determinada a desvendar o mistério de um ente querido desaparecido que conta com a ajuda de um misterioso lutador de rua chamado Wolf; Cress, uma hacker que foi aprisionada por Levana; e Winter, uma princesa apaixonada por um rapaz comum e que descobre que Cinder, Scarlet e Cress talvez possuam a chave para salvar o seu reino. E o mundo.

 Site oficial | Resenha Cinder

OQUEEUACHEICollage

Depois que terminei de ler TLC, fiquei bem animada para escrever a resenha dos livros — apesar de já ter falado sobre o primeiro antes —, mas como é uma série que tem uma linha do tempo bem contínua, o risco de spoilers em cada uma das resenhas seria muito grande e por isso, decidi escrever uma só falando de todos eles, evitando o máximo de informações que estraguem a surpresa e falando o que achei dos livros como um todo.

The Lunar Chronicles, ou As Crônicas Lunares (em português), é uma série narrada em terceira pessoa composta de quatro livros: Cinder, Scarlet, Cress e Winter. Cada um deles é focado na personagem título, mas todo o plot é relacionado, assim como a linha temporal é contínua. Ou seja, os livros não são independentes e devem ser lidos na ordem de lançamento porque contam exatamente a mesma história, no mesmo momento, com personagens que se cruzam e o que realmente muda é o foco da narrativa, porque até o pov do livro acaba mudando em alguns momentos, enquanto as personagens estão separadas ou ainda não se encontraram. E a maneira que todos os pov se juntam, ao mesmo tempo que existem de forma independente só deixam a construção de tudo melhor.

Cada um dos livros é levemente baseado em um conto de fada diferente que são super fáceis de reconhecer pelas capas: Cinderella, Chapeuzinho Vermelho, Rapunzel e Branca de Neve. Apesar das personagens terem um background parecido com o conto original, muita coisa foi acrescentada para que elas se encaixassem no plot central dos livros e Meyer fez isso de uma maneira excelente, já que era possível ver ali as características dos contos originais entrelaçados com cada uma das personagens. Além dos contos de fadas, também encontrei diversos fatores que me faziam pensar muito em Star Wars — especialmente em relação aos Lunares — e isso tornou a leitura ainda mais sensacional!

O primeiro livro, Cinder, confesso que não dei muita coisa por ele. Achei legal, pretendia continuar com a série, mas nada que tivesse sido fora do normal. Eu via diversos detalhes diferentes, mas nada ali realmente me prendeu…até eu (finalmente) ler Scarlet. Aí tudo mudou. A maneira como Meyer encaixa todos os elementos da série é simplesmente sensacional, tanto os maiores como cada história de personagem com o plot central, como também os mínimos detalhes, que mesmo quando explicados muitos livros lá pra frente, são de fácil reconhecimento e que fecham cada detalhe de uma forma que há muito em não via em séries. Sério, a maneira que a história foi conduzida é maravilhosa, o cuidado e todos os aspectos são muito bons.

E esses foram os fatos que mais gostei, já que estou super acostumada com séries YA que muitas vezes deixam um pouco a desejar no quesito de construção de plot central. As coisas costumam ser resolvidas muito rápido e sem muitas coisas amarradas de uma forma boa, coisa que não acontece por aqui, aliás, acontece justamente o oposto. E para mim, a maneira que Meyer amarra toda a história nos mínimos detalhes foi algo que me deixou super viciada na série, como também me transformou em fã da autora rapidamente.

Cada personagem, seja secundário ou seja a que dá nome ao livro são muito bem construídos. Todas as personagens femininas são fortes e extremamente humanas. Não espere que nenhuma delas tenha uma necessidade constante de serem salvas, até mesmo os elos mais fracos que conhecemos, acabam se mostrando muito mais forte do que aparentam e cada uma a sua maneira. Nem todas são “guerreiras” (se é que posso chamá-las assim, já que nenhuma foi treinada como tal) como Cinder ou Scarlet e todas tem um lado sensível e inseguro que só deixam tudo muito bem equilibrado, tanto entre elas, quanto durante a leitura.

E o que falar dos personagens masculinos? Kai, Wolf, Thorne e Jacin, todos eles, assim como as principais tem características marcantes e fraquezas e apesar de alguns serem extremamente fortes e treinados para matar, nenhum deles consegue superar as meninas e o tempo todo são ofuscados por elas. Apesar de serem importantes, conquistarem quem lê super rápido — acho que sou apaixonada por todos eles, oie haha —, são eles que precisam ser salvos diversas vezes e que apesar de importantes, não chegam aos pés das personagens femininas que são totalmente badass e sensacionais!

E o que falar da Levana, a grande vilã? Uma das mais sensacionais que já tive a oportunidade de ler. Tão complicada que rendeu um livro próprio, o Fairest, que pode ser lido tanto antes de todos os livros da série, quanto no final ou no meio dela, antes de Winter, conforme foi lançado. A minha dica nesse ponto, é ler de acordo com os lançamentos e prometo falar mais dele em uma resenha dele próprio, porque ele merece ser falado individualmente, assim como a Levana, que é a personagem focada em um dos melhores momentos da série em minha opinião: quando Meyer consegue explicar muitos acontecimentos e reações da vilã durante toda a série em um parágrafo de apenas duas linhas no livro final.

E falando em personagens, preciso comentar que todas as etnias são muito bem representadas nessa série, tanto nas personagens principais, como secundárias!

O universo de TLC também é muito interessante. Com um toque um pouco distópico conhecemos um pouco do que nosso planeta se tornou, inclusive politicamente e seu relacionamento com Luna é brilhante. Aliás, os próprios Lunares são muito interessantes e como tudo nessa série, bem construídos e de arrepiar.

NOTACOISALINDA

CONSIDERAÇÕESFINAISThe Lunar Chronicles foi uma das melhores séries YA que eu já li. Marissa Meyer teve muito cuidado na hora de construir todo o plot, personagens e detalhes dela, de forma que tudo acabou se encaixando perfeitamente e que seja impossível de largar os livros até o final. Uma série que começou bem fraca com Cinder, acabou evoluindo de forma sensacional conforme a história segue em frente. Realmente é uma leitura que deve ser feita, se não pelos personagens legais, romance, aventura e construção de nosso mundo totalmente nova, pela maneira que Meyer conduz a história central!

Se quiser saber mais sobre os personagens, plots etc o Wikia dela é bem legal e explica muita coisa! Só cuidado com spoilers!

PARAQUEMEURECOMENDORecomendo a leitura de TLC para todo mundo que gosta de ficção científica. E mesmo quem não é o maior fã do gênero, YA ou conto de fadas deveria dar uma chance a esses livros porque eles realmente são muito bons e entraram na minha lista de favoritos rapidamente. Não se enganem com o começo morno de Cinder! E mais, se você é fã de Sailor Moon, saiba que ela ainda começou como uma fanfic do anime/manga!

Se você ainda não lê em inglês, TLC está em processo de tradução aqui no Brasil e foram lançados 3 livros — com o mesmo título que o original — pela Rocco!

flav

Anúncios

Um comentário em “Resenha: The Lunar Chronicles, Marissa Meyer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s