Cora Carmack · Resenha

Resenha: Fingindo, Cora Carmack

fingindo

sinopse

Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.

Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam… E eles nem sonham que a filha vive assim.

Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.

Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.

Um faz de conta com data marcada para terminar… E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.

Skoob | Goodreads

oqueeuachei

Li Faking it (Fingindo) ano passado, logo após ler Losing it (Perdendo-me), e amei os dois livros, mas Fingindo é o meu favorito! Quando vi que a Novo Conceito traria ele também fiquei mega feliz! Especialmente por ter a editora como nova parceria do blog. ❤

Para quem já está acostumado a ler Novo Adulto, Fingindo tem absolutamente tudo para encantar o leitor no primeiro capítulo. A narrativa é dividida entre a Max (Mackenzie) e o Cade, e os dois vão abrindo o mundo deles para que possamos entender como cada um funciona.

Se você leu Perdendo-me, sabe que o Cade não aceitou muito bem como as coisas terminaram por lá, então vamos encontrar alguns personagens por aqui que querendo ou não, serão importantes para o desenvolvimento de Fingindo ❤

“Era a surpresa de sentir que todos ao meu redor estavam vivendo numa velocidade que eu era incapaz de alcançar.”

Max é a personagem problemática, com traumas do passado que a tornaram quem é, enquanto Cade faz de tudo para ser perfeito, em busca da aceitação das pessoas. E os dois juntos é a fórmula do desastre.

Ou não.

consideracoesfinais

Eu e minha ressaca literária adoramos o livro na primeira lida, e percebemos vários outros aspectos lendo de novo. Apesar de ser um livro que muitas pessoas considerariam para passar o tempo, ele traz várias questões importantes, como traumas de infância, a culpa, e essa nossa habilidade em mostrar o que não somos só para agradar terceiros. Ou até mesmo ignorar um sentimento na esperança de que ele vá embora.

Gosto como a Cora Carmack trabalha os personagens, desenvolvendo a história passada deles para poder mostrar quem os dois são no presente, faz com que eles sejam humanos, pessoas que poderiam ser do seu grupo de amigos. E o mais legal é essa forma inusitada de juntar o Cade e a Max, fazendo pessoas de mundos e personalidades tão opostas trabalharem juntas em busca de algo que elas nem sabem que precisam.

“Viver é difícil. E todos os dias os nossos ombros pesam mais e nós acumulamos mais bagagem. Assim, paramos e respiramos fundo, fechamos os olhos, apagamos a mente. É natural. Desde que você abra os olhos e siga em frente.”

Não é preciso ler Perdendo-me para ler Fingindo, não considero os livros como continuações um do outro. Cada livro narra a vida de personagens diferentes que são relacionados por um motivo.

E gente, Cade ❤

nota

bommuitobom

recomendo

Gosta de romance e novo adulto? Então Fingindo é perfeito pra você! Tem doses moderadas de drama, comédia, romance, aceitação e superação. Super recomendo!

postrenata

Anúncios

7 comentários em “Resenha: Fingindo, Cora Carmack

  1. Tem vezes que o novo adulto cansa mesmo, as histórias são repetitivas na maioria dos casos hahahaha mas espero que leia e goste, porque conseguiu me prender no meio da pior ressaca literária que já tive.

    E fico muito feliz que tenha gostado do blog e das resenhas *-* obrigada ❤

  2. Olá, nossa adorei teu blog e a forma como resenhas.
    Pois bem, eu larguei mão um pouco do New Adult porque me decepcionei muito com as minhas últimas leituras, acabei vendo este livro para ler, assim como vi o primeiro, mas decidi ler depois, a tua resenha acabou por me deixar curiosa, talvez pegue ele para ler em um final de semana talvez, assim será uma leitura proveitosa já que estou sem tempo pela semana.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

  3. Olá Renata eu amo este tipo de historia que está sempre colocando em situações de “saia justa” ? rssr tenho certeza que eu iria me emocionar muito com esta historia ..bjs ❤

  4. ah, mesmo quando não parecem ter ligação eu sempre costumo ler desde o primeiro título de uma série… xD
    Não li o outro ainda mas não me interessei tanto por esse livro, então… creio que vou deixar passar…
    bjs

  5. Adoreeeei!!! Sempre tive vontade de ser uma “Max” na vida, mas meus pais parecem nitidamente ser como os dela kkkkk ai deus, mas enfim.. amei a história, vou procurar saber mais com certeza! beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s