Jennifer L. Armentrout · Nível de inglês básico · Resenha

Resenha: The Return, Jennifer L. Armentrout

unnamed-1

sinopse

The Return é o primeiro livro NA Paranormal da série Titan, spin-off da série best-seller Coventant. Titan é a história de Seth.

Faz um ano que Seth fez um acordo com os deuses que praticamente entrega sua vida a eles. Até agora seus trabalhos foram violentos e sangrentos – o que meio que está tudo bem para ele. Mas agora Apollo tem algo novo em mente para Seth. Ele precisa bancar o protetor de uma garota ao mesmo tempo em que tenta manter as mãos longe dela. E para alguém com problemas em se conter, essa tarefa pode ser a mais desafiadora até o momento.

Josie não tem ideia qual é a desse maluco gostoso. Mas ao que parece, a chegada dele significa o fim da vida que ela iniciou após sair de casa, e ser jogada em um mundo onde o Olimpo e os deuses são reais. Ou Josie está ficando louca, ou um monstro que saiu diretamente de um mito antigo está à sua caça. No entanto, de todos seus problemas, a atração pelo misterioso de olhos dourados, Seth parece ser o maior perigo de todos.

Skoob | Goodreads

oqueeuachei

THE-RETURN_ARMENTROUT_Oct2014cover

Covenant é uma das minhas séries favoritas, assim como o Seth o meu personagem favorito dela. Quando Jennifer L. Armentrout anunciou um spin-off contando o ponto de vista dele, fiquei extremamente animada e ansiosa, mas conforme os meses foram passando e se aproximando do lançamento eu realmente não sabia como me sentir em relação a esse livro, especialmente depois que foi anunciado que Titan não seria mais um stand-alone e sim uma trilogia, cujo primeiro volume se chamaria The Return.

Meu maior problema em relação a ele é o fato praticamente todas as fantasias NA que li da Jen foram um tanto decepcionantes. Ela se fixou demais nas cenas sensuais e na atração dos personagens e parecia esquecer de focar na história por trás de tudo aquilo. Até mesmo em Obsession, o NA derivado de Lux, a sensação foi sexo demais e enredo de menos (apesar de um livro divertido e eu adorar ver o lado dos Arum), a mesma coisa se repetiu com Wicked. Meu medo foi que a coisa se repetisse em The Return e acabasse me decepcionando com algo que eu gosto e esperei tanto. Então, assim que tive o ebook em mãos e iniciei a leitura, meu mantra foi “por favor não me decepcione”.

MAS, às vezes nos surpreendemos de maneira positiva e foi exatamente isso que aconteceu! Não vou dizer que ele é melhor que Covenant, porque seria como pedir para escolher entre um e outro, o que é impossível de fazer, haha. Então posso afirmar que ele é tão bom quanto e tem a vantagem de logo no início não parecer demais com outra série, de outra autora (leia a resenha de Half-Blood para saber mais clicando aqui). Além do fato da Jen ter escrito uma história tão interessante quanto à da original. Ao mesmo tempo que ambas se completam de maneira perfeita, também podem ser lidas separadamente sem nenhum problema (ok, talvez spoilers, no caso da leitura de Titan ser feita primeiro hehe). E isso me fez querer sair por aí abraçando pessoas na rua ou saltitando loucamente, hehe.

E agora, para completar temos o ponto de vista de Seth, um dos personagens mais enigmáticos de Covenant. E podemos conhece-lo bem melhor, saber o que pensa e opiniões, já que estamos dentro de sua mente por diversos e diversos momentos do livro. Por experiência própria, o ponto de vista dos personagens favoritos nem sempre acaba se tornando algo positivo, algumas vezes alguns são melhores quando vistos de longe, mas esse não é o caso do Seth! Ele é ainda mais apaixonante, fofo, sexy e interessante como narrador! Ok, parei com esse momento fangirl.

Como personagem feminino principal, temos Josie, que também também é a narradora. Ela passou por muitas coisas na infância e finalmente pôde se afastar da sua minúscula cidade natal e problemas para iniciar uma nova vida na faculdade. Como praticamente todas as personagens femininas da Jen, ela é divertida, forte, interessante e fácil de se gostar. E isso é o que mais gosto da autora, as suas personagens principais são demais e não chatas e cheias de mimimi, elas sofrem, se ferram e sempre estão ali, firme e fortes e lutando no que for preciso, totalmente girl power.

Nesse primeiro livro não houve nenhum aspecto que me fizesse desgostar dela, ela é bem parecida com a Alex, a narradora de Covenant, coisa que é proposital e citado várias e várias vezes durante a leitura e que para quem leu a série anterior, totalmente interessante. Mas mesmo lembrando muito a Alex, a Josie tem personalidade própria que não faz o leitor confundir as duas. Mais uma coisa que a Jen construiu muito bem em The Return.

Os personagens secundários são basicamente os mesmos que Covenant, o que é muito legal, afinal, estamos reencontrando algumas pessoas super queridas e divertidas da série anterior. Claro, também há alguns novos, mas são poucos e não aprofundados ainda. Mas deixam o leitor curioso e esperando por mais deles, coisa que provavelmente vai acontecer nos próximos livros.

nota

coisalinda

consideracoesfinais

The Return foi um retorno delicioso para o mundo de Covenant, com um enredo tão interessante quanto à série original. Jennifer L. Armentrout finalmente conseguiu unir o melhor de sua literatura, romances NA um tanto picantes e fantasia, coisa que ela havia tentado anteriormente e que infelizmente ainda não havia conseguido acertar o ponto. Neste livro, ela finalmente conseguiu e foi uma leitura deliciosa de se fazer. E claro, deixa a gente com mais ansiedade para os próximos volumes que irão demorar anos luz para lançar.

recomendo

Indico The Return para os amantes de mitologia grega e romances NA. Assim para todos que já leram algum livro da Jennifer L. Armentrout e gostaram! O Seth é lindo, temos personagens secundários super divertidos e queridos e a Josie é muito legal! É muito amor, leiam, leiam, leiam ❤

Quanto ao fato de ser um spin-off, ele pode ser lido separadamente que o leitor é colocado em contato com o que houve em Covenant, especialmente pelo fato da Josie ser um dos narradores e uma personagem completamente nova, então ela também está entrando no universo apresentado anteriormente. No entanto, há spoilers do enredo e final da série original, a partir do momento em que a personagem é colocada à parte de tudo, então quem se incomoda com isso, melhor ler em ordem. 😉

postflavia

Anúncios

2 comentários em “Resenha: The Return, Jennifer L. Armentrout

  1. Oi Sel! Pois é Covenant não só tem spin-off como tudo é focado no Sethie! E olha, esse primeiro livro da trilogia está muito bom, espero que possa ler logo e que goste também!!! E obrigada, fico super feliz em saber que curtiu a resenha, é sempre bom ler isso!!!! ❤

  2. Oie, fiquei super empolgada que tem spin. Mas também fiquei triste, vai levar anos pra conseguir ler =(
    Acabei de ler Covenant ontem e o tempo todo fiquei desejando que tivesse alguma coisa sobre o Seth.
    Quando li sobre essa série, pensei que seria sobre Perses, mas mesmo assim fiquei animada, porque imaginei que o Seth apareceria perseguindo-o. Mas se é sobre ele, especificamente, melhor ainda!!
    Eu amo o Aiden, mas não tinha pra ninguém quando Seth aparecia, nem mesmo quando ele se deixou ir para o lado negro da força.
    Vou contar os dias agora pra poder ler.
    Ótima resenha, parabéns =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s