Danielle Vega · Nível de inglês intermediário · Resenha

Resenha: The Merciless, Danielle Vega

the merciless

sinopse

“Brooklyn Stevens está amarrada e amordaçada em uma piscina de seu próprio sangue. Ninguém de fora deste porão úmido sabe onde ela está e ninguém pode ouvi-la gritar.

Sofia Flores sabe que ela não deveria ter se envolvido. Quando ela se tornou amiga de Riley, Grace e Alexis no primeiro dia de aula, ela as admirou por seus cabelos perfeitos e aparência de boas meninas. Elas disseram que queriam salvar Brooklyn e queriam sua ajuda. Sofia não percebeu que elas acreditavam que Brooklyn estava possuída.

Agora Riley e as meninas querem exorcizar Brooklyn, mas sua ideia de exorcismo é muito mais próxima da tortura do que da salvação e Sofia quer sair daquela casa. Mas não tem como e ela não pode ir contra as outras meninas. A não ser que queira ser a próxima.”

SkoobGoodreads

 oqueeuachei

The Merciless foi uma das minhas leituras de Halloween e ele cumpriu sua missão…mas apenas no final dele. E é impossível não começar a resenha falando do visual do livro que é incrível. A capa dá a impressão de ser de couro e a simplicidade do título, nome da autora e o pentagrama fazem com que ele chame muita atenção (não vou negar, eu acabei decidindo levar The Merciless por causa da capa), a parte de trás apenas com a frase “Forgive us, Father, for we have sinned” apenas aguça a curiosidade pela história. E pra completar, logo que abrimos o livro ainda nos deparamos com um “for mature audiences only”. Fala sério! Me diz como resistir a uma coisa dessas? Haha

the merciless_3

the merciless_2

the merciless_4

No entanto, a história deixa um pouco a desejar. Vega quis focar em apenas uma noite, então temos uma apresentação rápida de todas as personagens. Embora esteja claro que as páginas antes da noite do exorcismo sejam apenas uma apresentação, a autora não soube medir as informações dadas e muitas delas se perderam conforme a história avançava, além do livro ficar um pouquinho cansativo nesse começo.

A mesma coisa ocorreu no momento do exorcismo. Ao mesmo tempo que toda a história evoluí dali, que conhecemos as personagens mais profundamente e a ação toda está ocorrendo, também se torna cansativo. Especialmente por causa da personagem-narradora, Sofia. Ela acabou se envolvendo no exorcismo completamente sem querer, não quer estar ali e ao mesmo tempo não tem escolha de sair, ou não parece ter. E todo esse drama acaba cansando um pouco. Assim como as cenas de tortura, algumas delas acontecem tão depressa que a gente mal repara.

the merciless

O verdadeiro ponto alto do livro é o final. Alguns acontecimentos para mim foram um tanto bobos, mas assim que chegamos nas últimas páginas e algumas revelações são feitas, não tem como negar, o livro mexeu comigo e me fez ficar pensando nele por muito tempo. Ao mesmo tempo que não surpreende, o final surpreende completamente e é tão…sinistro. Uma pena, já que uma história com final tão bom, acabou se perdendo durante sua evolução. A sensação que passou, foi que Vega se prendeu ao final e esqueceu de dar fatores mais quentes para o meio do livro.

Sofia é uma personagem misteriosa. Ela é a narradora, mas nunca chegamos a conhecer realmente, o que é proposital. A mesma coisa ocorre com as outras meninas, Riley, Grace, Alexis e até a Brooklyn. Todas elas estão ali para mostrar que nem tudo é o que parece quando se trata da personalidade das pessoas e especialmente mostram que alguns desejos e segredos podem ser mortais. Vou evitar entrar muito em detalhes sobre as personagens, já que todo o mistério em torno do livro gira em torno delas, apenas vou dizer que elas foram muito bem pensadas na hora da construção, apenas gostaria de ter tido contato um pouquinho mais na apresentação da história.

nota

bommuitobom

consideracoesfinais

The Merciless possui uma apresentação bem fraca, mas o final é de arrepiar e bem interessante, como falei ali em cima, é o ponto mais alto do livro e realmente eu acho que valeu a pena. Todo trabalho gráfico e enredo ajudam a fazer com que o leitor entre na história rapidamente e isso é um grande ponto alto e o final em aberto deixa espaço para uma possível continuação, ao mesmo tempo que fecha a história de maneira muito boa, se é que isso é possível!

Uma leitura que valeu a pena, apesar dos pontos negativos!

recomendoQuem gosta de histórias de terror e suspense vai gostar de The Merciless, ele é o tipo de livro que te faz pensar durante a noite! E para quem sente medo, não aconselho ler durante a noite, especialmente o final!

postflavia

Anúncios

2 comentários em “Resenha: The Merciless, Danielle Vega

  1. Olá! The Merciless tem 336 páginas 🙂 Se você reparar, antes de todas nossas resenhas temos as informações gerais do livro e os números de páginas constam lá! 😉
    Beijinhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s