Nível de inglês básico · Rainbow Rowell · Resenha

Resenha – Fangirl, Rainbow Rowell

fangirl

sinopse

Cath é fã de Simon Snow.

Ok, o mundo inteiro é fã de Simon Snow…

Mas para Cath, ser uma fã é sua vida – e ela é muito boa nisso. Ela e sua irmã gêmea, Wren, encontraram um refúgio na série de Simon Snow quando eram apenas crianças; o que ajudou na superação da morte de sua mãe.

Lendo. Relendo. Participando de fóruns, escrevendo fan fiction sobre Simon, e se caracterizando como seus personagens em cada premiere de um novo filme estrelado por ele.

A irmã da Cath cresceu e se afastou do fandom, mas Cath não consegue deixar para trás. Ela não quer.

Agora que as irmãs vão para a faculdade, Cath se vê sozinha sem Wren, pois a mesma não quer dividir o quarto com ela. Cath está completamente fora de sua zona de conforto. Ela está presa com uma colega de quarto bastante mal humorada e seu sempre por perto namorado, um professor de escrita criativa que acha fanfiction uma calamidade, um colega de classe muito bonito que só sabe falar sobre palavras…

E ela não consegue parar de se preocupar com seu pai, que está frágil e sozinho em casa.

Para Cath, a pergunta é: Ela consegue fazer isso?

Cath vai conseguir passar pela faculdade, por essa nova vida sem Wren para segurar sua mão? Ela está pronta para começar sua própria vida? Escrever sua própria história?

E o principal, ela quer seguir em frente e deixar Simon Snow para trás?

Goodreads

oqueeuacheiConfesso que quando li a sinopse pela primeira vez achei a história interessante, mas não o suficiente para ser lida imediatamente, tanto que Fangirl está na minha lista de leitura já deve ter quase quatro meses. Eventualmente, em busca de leituras mais simples, me vi com Fangirl no e-reader, pronto para ser lido, e só posso dizer que a sinopse me enganou direitinho.

Apesar de ser sim uma leitura leve, com um romance ao longo da história, Fangirl traz muito mais do que só um romance na faculdade, ou uma menina que descobre o amor pela primeira vez.

Cath e sua irmã Wren passaram por um trauma muito grande na infância. A perda da mãe deixou uma diferente marca em cada uma das irmãs, e foi com essa marca que elas cresceram. Inseparáveis, como todos os irmãos gêmeos são, até que a Wren resolve cortar essa ligação entre as duas. Para Wren, a faculdade é uma libertação da vida que levou durante seus 18 anos. Ela não quer ser cruel com a irmã ou com o pai que precisa tanto das duas, ela só quer ter a própria vida, independente de quem vai machucar para isso.

Cath é o oposto da irmã. Não gosta de sair da sua zona de conforto, e muito menos quer deixar de lado o Simon Snow, nem suas fanfics, que foi o que deu alguma felicidade para a Cath durante todos esses anos. Simon Snow é tudo o que ela sabe, é tudo o que gerou felicidade para ela durante todos esses anos.

A história de Fangirl é centralizada na Universidade, mais precisamente no Campus onde a Cath mora e divide um quarto com a Reagan e seu namorado Levi, que está sempre por perto.

Todos os personagens que aparecem nesse livro são interessantes e tem alguma história para contar, são participantes na trama toda, não estão lá apenas para preencher espaço no contexto. A amiga da Wren que se mete entre as irmãs, não exatamente por maldade, mas porque a Wren permite. A Reagan que com todo seu jeito mal humorado ajuda a Cath, e se mostra muito mais do que uma colega de dormitório. E o Levi, que mostra para a Cath que nem sempre as pessoas que você gosta, ou gostam de você, vão te abandonar, as vezes elas só precisam de uma chance.

consideracoesfinaisAcredito que quase todo mundo tem um pouco de Cath hoje em dia. Usamos de pequenos detalhes para conseguir nossa felicidade. Alguns gostam de livros, outros de filmes, outros de música e assim por diante. Ficamos reclusos na internet, temos amigos virtuais, lemos fanfics, e é bem aí que me identifiquei com a Cath.

Ela é a típica menina tímida, que sempre viveu na sombra da irmã, e que encontrou algo em que ela é boa, porém é algo que a afasta do mundo real. E o problema é que as pessoas com vida social “ativa” não sabem respeitar essa individualidade, e acabam fazendo piadas com quem gosta muito do que quer que seja.

Gostei muito da forma como a Rainbow Rowell escreveu esse livro, a personalidade que ela deu para a Cath, mostrando que mesmo quando enfrentamos algo diferente, mesmo quando somos obrigados a sair da nossa zona de conforto, não precisamos de forma alguma deixar de lado quem somos para viver o novo, e quem gostar de você não vai se importar com a sua forma de gostar de outras coisas, ou até mesmo ser uma escritora de fanfic.

E devo admitir que fiquei MUITO curiosa sobre os livros do Simon Snow, a Rainbow Rowell poderia lançar os oito volumes, como um presentinho para os leitores de Fangirl. Mas por favor, lance na versão da Cath, porque todo leitor de fanfic sabe que nada melhor do que um bom slash para finalizar o dia.

renataavatar

Anúncios

3 comentários em “Resenha – Fangirl, Rainbow Rowell

  1. Oi Larissa, que bom que ficou interessada em Fangirl por causa da resenha! Adoramos quando alguém gosta das resenhas e acaba por se interessar em um livro por causa delas!

    Muito obrigada! Ficamos felizes em saber que o blog agradou você e esperamos que continue lendo e continue gostando! Qualquer crítica ou opinião sempre são muito bem-vindas 😀

  2. Olá Larissa, fico muito feliz que tenha gostado do blog, e também se interessado ainda mais por Fangirl. 😀

    Esperamos que volte sempre, e depois que ler Fangirl me diga o que achou, adoro saber a opinião do pessoal sobre os livros que resenho hahaha.

    Obrigada mais uma vez. 😀

  3. Estou muito interessada por esse livro, e sua resenha teve importância nisso! haha

    Não conhecia o blog, descobri por um vídeo no youtube e gostei muito dos posts daqui. Gostei bastante do layout, sou meio chata com essas coisas de design, então vocês já devem imaginar como é difícil achar um blog interessante, já que quase todos têm colunas, abas etc DEMAIS, dificultando a navegação. Mas aqui está tudo bem harmonioso 🙂

    Parabéns pelo blog, meninas. Continuem assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s