Markus Zusak

A Menina Que Roubava Livros

foto por Jéssica Maria

“Quando a morte conta uma história, você deve parar para ler.”
Acho que esse foi um dos livros mais emocionantes que li. Assim como O Menino do Pijama Listrado, A Menina que Roubava Livros se passa na Alemanha nazista e a história é focada em uma orfã alemã. Desta vez  o narrador do livro é a morte, que de certa maneira afeiçoa-se à menina quando ela lhe escapa, com isso resolve acompanhar de perto a vida de Liesel Meminger durante os anos de 1939 a 1943. Liesel, junto com seu irmão mais novo são deixados com um casal disposto a adotá-los por dinheiro quando a mãe, comunista e perseguida pelo nazismo deve fugir. Durante o caminho até sua nova casa, o irmão mais novo morre e é enterrado por um coveiro que deixa um livro cair na neve, este será o primeiro de muitos outros que Liesel irá roubar com o passa dos anos. Embora ainda não saiba ler, ela mantem o livro consigo, pois é a única lembrança de sua família no momento. Com o passar dos anos, na nova casa, seu pai adotivo lhe ensina a ler e a garota passa a amar os livros e a roubá-los sempre que pode.
Um dos motivos que gosto tanto d’A Menina Que Roubava livros é que assim, como O Menino do Pijama Listrado retratam um outro lado do Nazismo, o lado onde crianças que não são perseguidas devem lidar com o que está havendo. É uma leitura realmente emocionante e apesar da tristeza da época em que a história é centrada, vale muito a pena.

foto por Jéssica Maria

Preço no site da editora Intrínseca: R$ 39,90

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s